BLOG

A Bolha das Mídias Sociais

Redes Sociais | 14 de fevereiro de 2013

Vivemos, mais do que nunca, uma grande pressão por resultados, e eu, humildemente, tenho tirado minhas próprias conclusões ao que se refere sobre o uso da Internet e das Redes Sociais nas empresas.

 

Minha análise neste momento, diz que não devemos nos preocupar com a questão de ficar mais tempo on ou off-line. Tenho percebido que está se criando uma bolha, com esta valorização exacerbada, do período que passamos conectados, até pelo fato de muitos profissionais ainda estarem buscando um sentido para isto. Como é praxe acontecer com toda a novidade, todos estão dizendo que as melhores oportunidades do mundo estão aqui na Internet, e eu claro, não duvido disso, mas tenho perguntas a fazer:

 

- Será que as melhores oportunidades “para você” estão aqui? E estão agora?

 

- Seria o veículo, mais importante que os passageiros? Que o destino? Ou até mesmo, que o caminho?

 

Explico:

 

Rede Social = Conexões entre pessoas

 

Logo, as oportunidades de negócios nascem entre as pessoas, são a elas que precisamos nos dedicar. Quando digo que há uma supervalorização sobre as mídias sociais, quero dizer que os cidadãos comuns não devem entrar em “bate-papos de agências”, por que estas, assim como a agência onde trabalho, têm a obrigação de dominar estas ferramentas para atender seus clientes, o que não acontece com as demais profissões.

 

Tenho percebido pessoas de vários ramos, tentando entender e debatendo, sobre assuntos considerados técnicos, sobre gestão de redes e mídias sociais. Não que seja do meu interesse que as pessoas não aprendam, longe disso, digo apenas que algumas pessoas estão perdendo o foco em suas atividades, atrás de novidades minuciosas, que não somam para o objetivo de seus negócios, em outras palavras, estamos formando especialistas sem propósito algum.

 

Não existem segredos para o enriquecimento rápido na Internet (Olha que eu já procurei hein!), o que existe são novas formas de se relacionar com as pessoas e compartilhar conhecimentos, informações, e aí sim, prospecções de negócios. Uma vez prospectado, “bora dar foco ao cliente”!

 

A fórmula do sucesso nos negócios ainda não mudou:

 

Clientes satisfeitos + Operações lucrativas = Sucesso

 

Então, não há mais o que se explicar. Atenha-se àquilo que trará rentabilidade para você e ao seu negócio, seja on ou off-line. Estude, se quiser, sobre as Mídias e Redes sociais, participe, mas não perca a noção de suas prioridades, nem o foco do que lhe traz a elas.

 

Sei que para muitos esse artigo soará simplista ou até mesmo clichê. Mas o que é mais simples no mundo dos negócios, senão o objetivo de somar lucros acima dos dividendos e despesas?

 

Reforço: A melhor oportunidade do mercado é aquela que se abre para você? Dar atenção, “em demasia”, às atividades e aos ganhos de outros, pode lhe trazer não apenas o conhecimento desejado, mas também pode lhe render uma bela frustração, por não atingir os mesmos resultados, e também, pelos prejuízos financeiros, ao dedicar seu tempo há algo que não faz parte de suas atividades.

 

Resumindo:

 

As Mídias Sociais vieram para somar, portanto, vamos nos concentrar em como estas novas ferramentas podem nos abrir possibilidades, para prospectarmos novos negócios, reforçarmos nossas marcas e nos aproximarmos das pessoas, para interagir com elas. Deixemos os detalhes sobre Edge Rank, Trust Rank ou Page Rank para os profissionais dessas áreas. Assim, poderemos trabalhar para sermos melhores naquilo que fazemos, ou seja, em atividades as quais existem expectativa sobre nós. Afinal, o melhor vendedor é o que vende mais e melhor, e não aquele que tem mais seguidores no Twitter ou curtidas em sua página do Facebook, mesmo que estes fatores estejam interligados.

 

Espero ter conseguido ser claro. Coloco-me a disposição para prestar maiores esclarecimentos sobre esta minha tese, a quem interessar.