BLOG

Tecnologia da informação e as relações sociais  

Redes Sociais | 18 de maio de 2014

“A tecnologia veio como uma highway para as relações sociais, a facilidade de encontrar velhos, novos amigos e pessoas com interesses parecidos através de uma poderosa inteligência de relacionamento de perfis, é a chave do grande boom no relacionamento social on-line e até mesmo off-line”, assim que Álvaro Vasques, WebAnalytics, entende a influência da tecnologia da informação sobre as relações sociais.

A Tecnologia da Informação é o conjunto de todas as atividades e soluções conseguidas através dos recursos da computação, esse conjunto tem o objetivo de produzir, armazenar, transmitir, de acesso e de uso das informações. Com o desenvolvimento mais acelerado dessas novas tecnologias de informação modificou as bibliotecas e os centros de documentação, além disso, permitiu a produção de jornais online, tornando o acesso à informação quase instantâneo.

A tecnologia da informação mudou a forma como acontecem os relacionamentos sociais, segundo Castells (2000 p. 17), “A revolução da tecnologia da informação e a reestruturação do capitalismo introduziram uma nova forma de sociedade, a sociedade em rede. Essa sociedade é caracterizada pela globalização das atividades econômicas decisivas do ponto de vista estratégico, por sua forma de organização em redes; pela flexibilidade e instabilidade do emprego e pela individualização da mão-de-obra. Por uma cultura de virtualidade real construída a partir de um sistema de mídia onipresente, interligado e altamente diversificado”.

Essas tecnologias moldam a sociedade e exercem influências profundas na vida cotidiana das pessoas “a velocidade em que nos atualizamos, como somos bombardeados de informação e com a velocidade de propagação de assuntos que antes eram quase irrelevantes. Hoje consumimos na capa do New York Times o mesmo que um ano inteiro de informação na década de 50 e numa rede social consumimos diariamente algumas dezenas de vezes mais que a capa de um jornal”, explica Álvaro.

Essas mudanças não mudaram somente as relações sociais, mudaram também a maneira como as pessoas se comportam “a capacidade bem mais rápida de ação e reação aos acontecimentos. A facilidade e rapidez de aprendizado, qualificação e colocação profissional. E por fim certa dependência desse turbilhão, pois um dia off-line é quase como um dia morto”, finaliza o WebAnalytics.

 

Fonte: Portal da Educação