Das técnicas mais avançadas para anúncios do Facebook Ads ao simples e singelo sorriso, e sua importância para o atendimento. O #20elw (20º Encontro Locaweb) realizado em Porto Alegre em 2018 foi demais!

Que é preciso sair de casa para ver o que está acontecendo no mundo, todo nós sabemos, não é verdade?! Mas o legal, dessa vez, é que percebemos como o marketing digital está maduro e como até as estratégias mais avançadas já estão à disposição de todas as empresas.

Claro, já faz algum tempo que este evento aconteceu, mas ele nos fez refletir de tal forma, que os papos aqui pela agência ainda estão relacionados aos temas de algumas palestras deste evento.

Não vou entrar em pormenores agora, para falar pontualmente de cada uma das palestras que vimos no #20elw, mas vou compartilhar com vocês alguns insights e dicas de algumas delas, que podem ser colocadas em prática rapidinho, para a sua empresa.

 

Growth Hacking

Raphael Lassance, que é uma das principais referências do Growth Hacking no Brasil, trouxe a ideia da validação rápida de novas ideias, ou seja, em sua palestra ele abordou a importância de esquecermos os achismos e de deixarmos as opiniões e os preconceitos de lado, para que cada novo teste possa ser validado em números.

Por exemplo, se você tem uma ideia para qualificar a sua oferta, crie um anúncio, utilize a sua ideia e monitore este anúncio por alguns dias, utilizando uma pequena parte da sua verba. Se o anúncio converter bem, intensifique o investimento na campanha, se não rolar, esqueça ele e tente outra abordagem.

 

Marketing de Conteúdo

André Mousinho, profissional da Rock Content, tornou-se conhecido pelo Canal da Rock no Youtube. André fez um Storytelling muito legal, utilizando a si próprio como personagem, falando sobre uma necessidade que ele tem, que lhe gera dúvidas e que o levou a pesquisar pelo tema no Google.

Após a pesquisa, ele encontrou alguns artigos que atraíram sua atenção e que citavam, sem nenhum apelo comercial, alguns produtos que o ajudariam a resolver o seu problema.

André ainda pode baixar um material que contemplava muito mais informações sobre a dúvida que ele tinha, ampliando seu conhecimento sobre a questão. Para baixar este material, ele precisou cadastrar seu nome e seu e-mail em formulário, a partir disto, a empresa por detrás do material, passou a lhe encaminhar mais conteúdos relacionados.

Assim que se convenceu de que precisava de um produto para resolver seu problema, André pesquisou sobre alguns comparativos que apontavam a melhor solução, baseada na opinião de usuários que já haviam passado por tal experiência.

Depois, a busca final foi pelo produto escolhido. Mais uma vez, a marca com a qual ele se relacionou durante toda esta jornada, fornecendo-lhe todo o conhecimento necessário, estava lá, concorrendo pela sua preferência.

Adivinha com quem ele comprou?

 

Facebook Ads

O grande Facebook, responsável por 9 de cada 10 infartos dos responsáveis por social mídia das agências brasileiras (brincadeirinha), foi o assunto abordado por Diego Santana, Consultor na Your Commerce.

Com uma abordagem muito prática, Diego falou sobre os diferentes tipos de anúncios existentes na plataforma do Facebook, fazendo referência ao altíssimo nível de conhecimento que o Facebook tem sobre os seus usuários, monitorando e criando segmentações relacionadas a cada padrão de comportamento percebido, baseado em preferências, interações e todo o registro de ações realizadas na plataforma.

Assim, anúncios de Tráfego, Engajamento, Portfólio entre outros, são oferecidos aos usuários que demonstram em sua rotina, preferência por determinado tipo de conteúdo.

O Facebook sabe que dispositivo você usa, se você costuma curtir, comentar ou compartilhar assuntos de qualquer interesse; sabe se você costuma clicar em links para acessar outros sites ou se você prefere interagir com o conteúdo dentro do próprio Facebook; sabe se você é um usuário comprador, se você costuma viajar, sua classe social, com quem você se relaciona, quem te influencia, entre tantas outras coisas.

A principal dica que ficou então, foi de que precisamos encontrar o tipo de anúncio certo para cada objetivo e a importância de analisarmos muito bem a segmentação dos anúncios, através de testes para encontrarmos os principais perfis de públicos interessados, para então intensificar os investimentos (o que caracteriza uma estratégia de Growth Hacking citada acima).

 

Vídeos como Estratégia de Marketing

Greta Paz, fundadora da Eyxo, falou muito sobre a importância dos vídeos nas estratégias de marketing voltadas para o digital. Além da capacidade de emocionar a sua audiência, os vídeos são, no momento, os queridinhos dos engenheiros responsáveis pelos algoritmos das principais mídias sociais existentes. Assim, utilizando o formato certo de vídeo para cada plataforma, Youtube, Facebook, Instagram, entre outras; as chances de você atingir um público cada vez maior e mais engajado com a sua marca aumentam, pois, as próprias plataformas tratarão de entregar o seu conteúdo com um pouco mais de abertura.

Greta deu muitas dicas legais que podem ser aplicadas na prática:

– Youtube: Vídeos maiores para prender a sua audiência e manter o público dentro da plataforma pelo maior tempo possível. Cuidado com a criatividade exagerada, pois, o Youtube costuma oferecer vídeos “semelhantes” para uma mesma audiência.

– Facebook: As Lives são a força do momento, informais e práticas, o Facebook acredita muito neste modelo de conteúdo e está investindo na sua propagação. Portanto, pense na possibilidade de produzir algumas na sua página. Se for fazer vídeos para publicar no feed, use legendas, pois grande parte dos usuários desta rede, costuma assistir os vídeos sem som, ou no caso, com o smartphone no silencioso.

– Instagram: Invista em vídeos esteticamente bem apresentáveis. A galera do “Insta”, costuma a valorizar mais a apresentação do conteúdo e também, diferente do Facebook, assiste mais aos vídeos com som.

 

Como Encantar os seus Clientes

Carolina Lima, estrategista digital na Resultados Digitais, fez uma palestra encantadora, onde um de seus primeiros tópicos foi exatamente, como encantar os seus clientes. Dicas reais e super práticas de como humanizar o seu atendimento.

Uma destas dicas e, talvez a mais importante, seja:

“Procure fazer a diferença, de verdade!” Carolina nos contou um case seu, onde ela tinha uma verba pequena para investir em uma ação de relacionamento. Ela poderia comprar pequenos brindes para dividir com mais pessoas, mas invés disso, eles decidiram premiar menos pessoas, com um passeio de helicóptero. Além de ser uma experiência muito legal, a campanha atingiu pessoas que nunca sequer tinham dormido em um beliche, ou seja, zero de experiência nas alturas! 😀

O resultado, foram pessoas muito satisfeitas, que nunca mais esquecerão do dia que viveram e de quem lhes proporcionou essa experiência.

Carolina comentou que compreende, que nem sempre será possível causar tamanho impacto nas pessoas, mas falou que com atitude, boa vontade e iniciativa é possível sim integrar clientes, a equipe de trabalho e até alguns fornecedores, em uma ação divertida, envolvendo produtos para apreciação, pesquisa e até mesmo para premiar pequenas brincadeiras realizadas em eventos ou até mesmo nas redes sociais. Nesse caso, é necessário usar bem as hashtags e marcações. 😉

 

Relacionamento de Excelência

Cristiano Chaves, líder da equipe de suporte ao clientes da Arezzo, deu uma super lição de como tratar bem os seus clientes e também, fazer a diferença na vida deles. Ele nos trouxe a reflexão sobre o quão importante é ajudar os nossos clientes, quando estes encontram problemas ao utilizar nossos produtos e serviços.

Em outras palavras, entre tantas marcas o seu cliente escolheu você, mas agora ele tem um problema e é a sua vez de demonstrar que realmente se importa com ele, e que toda a sua proposta de marketing voltada para soluções, é verdade.

Cristiano apresentou como principal fator de sucesso, a integração da sua equipe no trabalho. Segundo ele, somente pessoas que realmente consigam se colocar no lugar do próximo, conseguem compreender o momento em que um cliente insatisfeito decide fazer o contato. Como se manter calmo para não entrar em uma frequência negativa, de embate, para de fato, ser um agente de solução na causa e não de mais problemas.

Inclusive, nós fizemos uma live no Facebook da Six para falar sobre Atendimento e Vendas na Era Digital, onde tratamos vários assuntos em comum a este e que eu lhe asseguro que vale mesmo a pena conferir, por isso, vou deixá-lo aqui abaixo. 😉

Live Six – Atendimento e Vendas na Era Digital

 

Sua dica principal foi, invista na fidelização dos seu clientes, revertendo problemas com o investimento que for necessário. Pois um cliente só se torna insatisfeito, se algum dia ele confiou na sua marca, fazendo disto, uma responsabilidade sua, de devolver a ele esta confiança.

 

Quem já comentou sobre isso: