Quando o assunto é redução de custos nas empresas, podem surgir muitas dúvidas sobre qual a maneira correta de se realizar isso. Alguns confiam em medidas simples, como trocar os copos plásticos de café por outros de vidro ou porcelana, enquanto outros acreditam em medidas mais drásticas, como demitir funcionários.

Independentemente de em qual modelo você queira apostar, confira antes quais questões realmente são importantes quando estamos falando de redução de custos nas empresas. Continue lendo para saber mais!

1. Avalie adequadamente a redução de custos

Qual tem sido o real problema da sua empresa? Baixa performance e baixa produtividade ou desperdício de material? Será que a soma de ambas as coisas ou mesmo outras em questão podem estar afetando sua lucratividade?

Perguntas como essas podem te guiar com mais clareza antes de se decidir sobre o que deve ser reduzido. Entenda primeiramente o que está acontecendo para, então, saber qual a melhor abordagem. Se optar pela demissão, considere antes reunir a equipe e expor a situação a fim de encontrar uma alternativa menos drástica.

2. Automatize processos

Hoje, com a tecnologia, se tornou possível automatizar e otimizar diversos processos. Isso vai desde o disparo de e-mails até a inclusão de dados em planilhas diversas em nuvens no ciberespaço ou mesmo softwares mais complexos de gestão empresarial.

Ainda que em alguns casos você tenha que investir algum dinheiro para usufruir desses serviços, a otimização dos resultados obtidos pode gerar maior lucratividade e reduzir custos ao final das contas. Considere essa possibilidade.

3. Invista em marketing digital

Tradicionalmente, investir em marketing de uma maneira apropriada nunca foi barato. Conseguir espaços importantes para anúncios e divulgação de serviços e produtos sempre custou muito dinheiro.

Hoje, com a transformação digital, esses custos se encontram acessíveis a empresas de todos os tamanhos, sobretudo as menores. Procure conhecer um pouco melhor sobre Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo para melhorar os números da sua empresa sem precisar de grandes gastos.

4. Desenvolva outros modelos de trabalho

Tanto empresas grandes e renomadas quanto startups têm estado cada vez mais abertas ao modelo de trabalho remoto. Isso traz uma grande vantagem, pois motiva o trabalhador, que se sente valorizado e respeitado por poder trabalhar em casa ou onde estiver, e reduz custos para a empresa, que não precisará bancar uma sala com água, luz, telefone, aluguel e mobiliária para o colaborador.

Essa alternativa pode inclusive evitar demissões que em médio prazo podem se tornar um grande problema. Lembre-se que, abrindo mão de certos profissionais, você gera custos burocráticos, bem como a demanda pela contratação de novos funcionários. Pense bem.

5. Aproveite as alternativas que a internet oferece

A internet oferece várias alternativas para quem quer reduzir custos das mais diversas maneiras. Abaixo elencamos algumas delas. Confira:

  • Crowdsourcing: você anuncia o serviço que está precisando e as empresas, como em um leilão, procuram ofertar o melhor custo-benefício para você;
  • Bancos de imagens: sites como o Freepik ou Pixabay oferecem um banco extenso de imagens de forma gratuita.

Essas são apenas algumas das possibilidades existentes na internet hoje, mas, pesquisando, você verá que existem muitas outras mais.

Se você gostou de saber mais sobre redução de custos nas empresas, não deixe de aprender 5 estratégias para aumentar a fidelização de clientes.

Quem já comentou sobre isso: