Compartilhe

Quando falamos de marketing digital, muitas estratégias nos passam na cabeça. Para cada objetivo, uma estratégia específica.

Hoje vamos falar um pouco mais sobre o marketing de conteúdoGoogle Ads.

Resumidamente, para você entender, o marketing de conteúdo envolve o processo completo da jornada de compras do consumidor. Além disso, ele ainda trata sobre o relacionamento e educação dos clientes sobre o que você vende.

O Google Ads, por sua vez, é uma ferramenta mais direcionada para a venda direta. Nele ao invés de investir em conteúdo, investimos em links patrocinados. Bom, agora que você já sabe a definição simples de cada um, vamos entender melhor como cada um funciona e quais os benefícios que eles trazem para a sua empresa.

Marketing de Conteúdo

O marketing de conteúdo é uma estratégia responsável por aumentar o conhecimento da sua marca, melhorar o engajamento com clientes, provocando maiores interações no meio online, gerar vendas e leads.

Essa é uma estratégia orgânica, ou seja, não há pagamento de nenhum conteúdo para obter relevância e atingir os objetivos. A única forma para alcançar é através de conteúdos de qualidade e relevância, que levam a outros mecanismos de otimização para ficarem bem ranqueados na internet.

Outra função bem conhecida do marketing de conteúdo é utilizar estratégias para “educar” o mercado. Sim! Você não leu errado. Muitas vezes o cliente não entende para que serve o seu produto e nem sabe se precisa dele ou não.

Por isso, o marketing de conteúdo consegue explicar seus produtos e serviços, além de qualquer outro assunto que envolva o universo que sua empresa está inserida.

Os leads por sua vez são uma oportunidade de você conquistar novos clientes através dados pessoais, como e-mail obtidos durante uma troca de conteúdo! Uma boa estratégia, concorda?

Como aplicar o marketing de conteúdo?

Os conteúdos que você promove aqui são personalizados e precisam trazer informações relevantes para o público. Caso contrário você não cumpre com o propósito.

Com esses conteúdos você atrai, envolve e gera valor para o seu público e esse público criará uma percepção positiva da sua empresa, lembrando dela sempre que for pertinente.

Essa estratégia está dentro de outra, o Inbound Marketing, que visa captar o interesse do cliente sem o interromper e ser invasivo de alguma forma.

Portanto, se você pensa em investir no marketing de conteúdo, já te adiantamos que é um bom caminho a seguir. Para isso, no seu planejamento não pode faltar:

Conteúdo relevante
Engajamento com os clientes e leads
Atração: coloque a cabeça para funcionar e exale criatividade
Ofereça conteúdo diferente dos concorrentes

Mas lembre-se: o marketing de conteúdo é mais abrangente e atinge um maior número de pessoas, mesmo sendo segmentado para personas especificas o acesso ao conteúdo não é limitado somente a elas! Agora vamos ver como é o Google Ads:

Google Ads

Se você preparou um bom anúncio, ele pode chegar para as pessoas que você realmente quer atingir. Por isso as campanhas do Google Ads são as queridinhas de quem opta por anúncios.

Quem adere consegue direcionar, segmentar e mensurar sua campanha. Ou seja, quando você pensa num anúncio, você pode escolher vários segmentos para atingir mais certeiramente o seu público.

Além disso, o resultado é quase imediato, ao contrário do Marketing de conteúdo. Outro benefício do anúncio é o maior potencial de alcance. Como são pagos, os anúncios acabam ficando em posição privilegiada.

Principal diferença entre as duas estratégias

Se você quer obter resultados rápidos, o marketing de conteúdo pode complicar um pouco a sua situação. Isso porque ele vai se construindo aos poucos e demora um pouco para obter retorno.

Como nos anúncios nós pagamos para que tudo seja rápido, os resultados consequentemente também são rápidos. No entanto, isso não quer dizer que o marketing de conteúdo não vale a pena.

Na verdade, ele é uma ótima estratégia a longo prazo, pois você se solidifica no ambiente digital e pode com seus conteúdos de relevância virar referência no seu ramo.

Afinal, qual dois dois vale mais a pena?

Em primeiro lugar, saiba quanto sua empresa pode gastar e qual é o prazo estipulado para que seus objetivos começam a ser alcançados.

Portanto, não tem uma estratégia menos correta. O importante é você escolher qual irá trabalhar melhor e obter os resultados que precisa!

Está pensando em aplicar uma das estratégias na sua empresa? Entre em contato conosco! 

Leia também: COMO POSSO DIVULGAR MEU SITE NO GOOGLE? CONHEÇA 4 MANEIRAS

Quem já comentou sobre isso:
Compartilhe