14/04
Compartilhe

Você sabe o que acontece quando sua empresa não chega até os clientes certos? Talvez você responda que “deixa de fechar mais vendas”.

Tudo bem, está corretíssimo.

Mas e se eu te disser que isso também faz com que você perca recursos? Ou seja, que isso te gera prejuízos com os investimentos em campanhas de marketing, por exemplo?

Hoje em dia existem várias formas de um cliente encontrar sua empresa: através das suas publicações nas redes sociais, de buscas no Google, de anúncios em plataformas como Facebook, Instagram ou Youtube, por meio das parcerias que você faz com outros sites e blogs, através do Google Meu Negócios (Google My Business), etc.

Enfim, são muitas as possibilidades de ser encontrado pelos clientes certos.

Mas quando você faz uma campanha sem antes realizar uma pesquisa, um planejamento, sem obter dados importantes para te nortear, o que acontece é que atirará para todos os lados.

Pode ser que consiga atingir um cliente em potencial, mas os custos que teve fazendo sua campanha chegar aos que não eram seu foco foi grande, ou seja, dinheiro e tempo jogados fora.

 

Chegar aos clientes certos: quando há falha também na comunicação

 

Outro ponto interessante a ser mencionado é quanto ao estilo de comunicação usado pela sua empresa.

Cada tipo de empresa possui um público-alvo: advogados, estudantes, músicos, mães, gamers, etc.

Assim, para cada um desses existe um estilo de comunicação que faz com que eles se identifiquem com seu conteúdo e com sua marca.

Mas, também, cada um desses clientes pode estar mais numa plataforma do que em outra.

Por exemplo: um público mais jovem pode estar usando mais o Instagram, enquanto que os mais velhos optam pelo Facebook ou Twitter.

Lembrando que esse é um dado apenas usado como exemplo, não quer dizer necessariamente que se o seu público-alvo são mães, então você deve investir no Facebook.

Outros dados devem ser levados em consideração na hora de escolher a plataforma (ou plataformas) e o tipo de comunicação, segundo o perfil do seu cliente ideal.

 

Como chegar aos clientes certos?

 

Um dos grandes desafios dos negócios atualmente é chegar até os clientes certos.

Mas para isso existem alguns passos que ajudarão a fazer com que esses clientes encontrem sua empresa.

 

Pesquisa de mercado

 

Não há como fazer campanhas assertivas sem ter realizado uma pesquisa de mercado. É com ela que você entende melhor sobre o seu público, sobre quem são os clientes certos para sua empresa, sobre seus concorrentes, etc.

Dica simples de como fazer uma pesquisa sobre o mercado em que atua é usar o planejador de palavras-chave do Google e saber quais os termos mais procurados pelos possíveis clientes.

Você também pode acompanhar as redes sociais e ver quais as hashtags mais usadas para um determinado tema, produto, serviço, etc. Com o Instagram, por exemplo, você consegue fazer isso.

A pesquisa de mercado também te ajuda a separar os seus potenciais clientes daqueles que não interessam para o seu negócio. Por exemplo:

Digamos que você tenha um pet shop e queira atrair mais clientes. Usando os anúncios pagos no Facebook é possível fazer uma segmentação e direcionar os anúncios apenas para pessoas da sua cidade, evitando exibir seu anúncios para todo o Brasil, uma vez que seu negócio é local.

E essa segmentação foi possível por meio da pesquisa de mercado.

 

Descubra quem é o seu público

 

Você sabe quem são os clientes certos para sua empresa? Ter a resposta para isso é extremamente fundamental para que você consiga direcionar melhor sua comunicação.

O seu público-alvo, geralmente, envolve pessoas que têm a mesma faixa etária, o mesmo grau de escolaridade, mesmos interesses, etc. Em suma, eles são uma parcela do mercado que tem a ver com as soluções que sua empresa oferece.

Sabendo quem é seu público, o próximo passo é criar sua persona.

Uma persona é o “cliente perfeito para sua empresa”: você sabe o que ele faz, qual sua idade, se é casado, solteiro, se tem filhos, se é homem ou mulher, onde reside, quais seus interesses, como é sua vida atualmente, etc.

É certo que seus clientes não serão todos assim como essa sua persona, mas eles geralmente terão uma similaridade com ele. Por exemplo:

– Maria, mãe de primeira viagem, que trabalha, usa bastante o celular, gosta de acompanhar canais de dicas de maternidade, etc. Gosta de leitura, tem um bom relacionamento com seus pais, é uma mulher que gosta ter sua independência.

Veja que já sabemos qual é uma das possíveis “dores” (problemas) dessa persona: ser mãe de primeira viagem. Logo, ela busca informações sobre como cuidar do seu bebê. E como gosta de ler e usa bastante o celular, posts no Instagram seriam uma das formas de atrair essa mãe.

 

Construa sua lista

 

Nunca compre listas prontas ou deixe sua campanha abrangente a fim de crescer sua base de contatos.

Quando se tem uma lista pequena, mas que seja quente, com clientes realmente interessados no seu produto ou serviço, tudo fica mais fluído.

Se você enviar mensagens e direcionar campanhas para quem não é seu público, estará jogando dinheiro fora e, também desperdiçando tempo valioso.

 

Te ajudamos a encontrar os clientes certos

 

Precisa reformular suas campanhas ou quer ingressar agora no marketing digital? Conte a Six Interfaces para encontrar os clientes certos para sua empresa, independente do seu segmento.

Quem já comentou sobre isso:
Compartilhe